Descobrem em Cuba molécula com efeito neuroprotetor

Havana, 4 jul (Prensa Latina) Uma equipe de cientistas cubanos descobriu a molécula denominada JM-20, que protege o sistema nervoso de processos degenerativos próprios de lesões cerebrais, segundo foi publicado hoje no diário Granma.

Em ensaios pré-clínicos, os pesquisadores encontraram na partícula as características neuroprotetoras, o que pode contribuir para o desenvolvimento de novos tratamentos para enfrentar a isquemia cerebral, indicou o diário.

De acordo com a publicação, esses resultados possibilitaram o acompanhamento da pesquisa para a fase de ensaios clínicos em humanos.

Posteriormente, caso se comprove com êxito o benefício da JM-20, o mercado poderá dispor, pela primeira vez, de um produto com ação terapêutica efetiva contra essa doença e suas sequelas, revelaram os especialistas.

Afirmaram também que a molécula e seus derivados estão protegidos por uma patente cubana.

Na pesquisa intervêm especialistas da Universidade de Havana, assim como dos centros de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos, e de Estudos para as Investigações e Avaliações Biológicas.

Colaboram também cientistas do Instituto de Ciências Básicas da Saúde, e da Universidade Federal de Rio Grande do Sul, Brasil.

Além disso, foi divulgado que o estudo recebeu em 2015 um dos prêmios da Academia de Ciências, entre outras premiações, por sua relevância científica.

Anúncios

Deje su comentario - Deixe seu comentário - Leave your comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s