#Venezuela #6D Por que não foi publicado nos meios de comunicação internacionais?

 

A oposição venezuelana participa diretamente e endossou sem objeções as 19 auditorias realizadas até agora no sistema eleitoral tendo em vista as eleições parlamentares no domingo 6 de dezembro. Seus técnicos, especialistas com credenciais inquestionáveis e selecionados pelos próprios partidos da oposição, estão credenciados também para as quatro auditorias restantes, do total de 23 que o Poder Eleitoral estabeleceu para este processo na Venezuela. Esta notícia não foi publicado nos meios de comunicação internacionais.

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) prestou apoio técnico nas eleições primárias realizadas pela Mesa de la Unidad Democrática (MUD), que reúne os partidos de direita. Em 17 de maio deste ano, a MUD realizou eleições em 33 dos 87 locais de votação no país para eleger 42 dos seus 167 candidatos para a Assembleia Nacional. Este processo foi tecnicamente organizado pela CNE com a mesma plataforma eleitoral que será usada no 6D. Esta informação não foi publicada pela imprensa estrangeira.

As empresas de comunicação no país deram ampla e destacada cobertura como um “ato político” o assassinato do líder do Partido de Ação Democrática (AD) em Altagracia de Orituco, Luis Manuel Diaz, após concluir um ato de campanha naquela localidade no estado de Guárico. No entanto, as investigações que revelaram que o falecido líder da AD tinha ficha policial por vá- rios delitos e que o motivo foi uma disputa entre gangues criminosas que operavam no estado foram silenciadas internacionalmente.

A profusão de denúncias e ataques contra o Conselho Nacional Eleitoral contrasta com a ocultação de notícias como a organização pelo juiz eleitoral venezuelano das primárias da direita para eleger seu candidato presidencial em 2012, Henrique Capriles; e das eleições internas da extrema-direita Voluntad Popular, realizadas em julho de 2011 e no qual foi eleito como coordenador nacional Leopoldo López, condenado pela justiça venezuelana por atos de violência associados ao plano golpista que em 2014 tirou a vida de 43 pessoas.

Em todos os processos eleitorais no país são acreditados observadores nacionais. Para as eleições parlamentares do 6D, estão habilitadas organizações como Red de Observadores Electorales de Venezuela,Fundación por un pueblo Digno, Observatorio Electoral Venezolano, Proyecto Social e Asamblea de Educación, muitas estão próximos da oposição, que testemunharam e certificaram as auditorias e outros atos do calendário eleitoral. No entanto, a mí- dia estrangeira optar por ignorar esta realidade.

Também não é notícia a presença de observadores internacionais, que cumprem os seus deveres no país de acordo com as regras e leis vigentes, também em plena conformidade com o cronograma publicado desde o início do ano pela CNE. Também não o são as credenciais técnicas dos acompanhantes do Conselho Latino-Americano de Especialistas Eleitorais (CEELA) e da missão da Unasul, ou os perfis dos convidados pelo Poder Eleitoral e organizações políticas.

As notícias censuradas sobre as eleições parlamentares na Venezuela são parte de uma campanha de difamação que promove as falsas denúncias de fraude e abre caminho para o desconhecimento e violência.

Essa campanha também é alimentada com mentiras como a suposta suspensão ou limitação das eleições nos 23 municípios fronteiriços de Táchira, Zulia, Apure e Amazonas, que estão em um estado de exceção para enfrentar o paramilitarismo e contrabando que não tem quaisquer implicações aos direitos políticos, e onde, portanto, as eleições serão realizadas nas mesmas condições do restante do país.

Voce pode se preguntar por que è que não foi publicado nos meios de comunicação internacionais? sera que è um mesmo modelo da imprensa imperialista contra la Patria Grande.

Com informção da AVN

Anúncios

Deje su comentario - Deixe seu comentário - Leave your comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s