Discurso do presidente cubano: O #Cinco já em # Cuba.

Compatriotas:

Desde a minha eleição como Presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, já reiterou em várias ocasiões, a nossa vontade de apoiar o governo do diálogo respeitoso Estados Unidos, com base na igualdade soberana, para discutir diferentes temas reciprocamente sem prejuízo da independência nacional e da autodeterminação de nossos povos.

Esta é uma posição que foi expressa ao Governo dos Estados Unidos, público e privado, por Fidel em diferentes épocas da nossa longa luta, com a abordagem de debater e resolver as diferenças através de negociações sem abrir mão de um de nossos princípios.

Heróico povo cubano têm demonstrado contra os perigos grandes, ataques, dificuldades e sacrifícios, é e será fiel a nossos ideais de independência e justiça social. Intimamente unidos nestes 56 anos de Revolução, temos mantido profunda lealdade para com os que caíram defender estes princípios desde o início de nossas guerras de independência em 1868.

Agora nós carregamos, apesar das dificuldades, atualizando nosso modelo econômico para construir um socialismo próspero e sustentável.

O resultado de um diálogo ao mais alto nível, incluindo uma conversa telefônica que tive ontem com o presidente Barack Obama, fez progressos na abordagem de algumas questões de interesse para ambas as nações.

Como Fidel prometeu, em junho de 2001, quando ele disse, vai voltar!, Chegou em nosso país hoje, Gerardo, Ramón e Antonio.

A alegria de suas famílias e todos os nossos povos, que se mobilizaram incansavelmente para esse fim, que se estende entre as centenas de comités e grupos de solidariedade;governos, parlamentos, organizações, instituições e personalidades que durante estes 16 anos e árduos esforços feitos exigidos para a sua libertação. Todos eles expressar nossa mais profunda gratidão e compromisso.

Esta decisão do Presidente Obama merece o respeito e reconhecimento do nosso povo.

Quero agradecer e reconhecer o apoio do Vaticano, e, especialmente, o Papa Francisco, a melhoria das relações entre Cuba e os Estados Unidos. Da mesma forma, o Governo do Canadá para as instalações criadas para a realização do diálogo de alto nível entre os dois países.

Por sua vez, decidimos lançar e enviar para os Estados Unidos para um espião cubano que serviu nessa nação.

Além disso, com base em razões humanitárias, hoje foi também retornou ao seu país cidadão norte-americano Alan Gross.

Unilateralmente, como é a nossa prática e estrita adesão ao nosso sistema legal, receberam benefícios correspondentes presos criminais, incluindo a liberação de pessoas para as quais o Governo dos Estados Unidos já manifestou interesse.

Da mesma forma, estamos de acordo para o restabelecimento das relações diplomáticas.

Isso não quer dizer que a principal coisa é resolvido. O bloqueio econômico, comercial e financeiro causado enorme humano e prejuízos econômicos para o nosso país deve cessar.

Embora as sanções foram convertidos em lei, o presidente dos Estados Unidos pode modificar seu aplicativo usando seus poderes executivos.

Propor ao Governo dos Estados Unidos tomar medidas para melhorar o clima de investimento bilateral e avançar para a normalização das relações entre os nossos países, com base nos princípios do direito internacional e da Carta das Nações Unidas.

Cuba reitera a sua vontade de manter a cooperação em organismos multilaterais, como as Nações Unidas.

Reconhecendo que temos diferenças profundas, principalmente sobre a soberania nacional, a democracia, os direitos humanos e política externa, reafirmo a disposição de discutir todas estas questões.

Apelo ao Governo dos Estados Unidos para eliminar os obstáculos que impedem ou restringem as ligações entre os nossos povos, famílias e cidadãos de ambos os países, em particular os relativos à viagem, mala direta e telecomunicações.

Progresso em intercâmbios sustentados mostrar que é possível encontrar soluções para muitos problemas.

Como já disse, temos de aprender a arte de viver, de forma civilizada, com as nossas diferenças.

Sobre estas questões importantes falaremos mais tarde.

Muito obrigado.

Anúncios

Um comentário sobre “Discurso do presidente cubano: O #Cinco já em # Cuba.

Deje su comentario - Deixe seu comentário - Leave your comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s