ALBA-TCP celebra uma década de soberania e unidade


09 de dezembro
Postado por aucalatinoamericano
Retirado de Telesur.ALBA-TCP celebra uma década de soberania e unidade

O bloco de integração defende posições comuns com base em princípios como o respeito à soberania e à diversidade.
A Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) comemora uma década de existência com a unidade como a bandeira principal, mesmo em situações complexas, disse o embaixador de terça-feira Equador na ONU, Xavier Lasso.

Falando no aniversário propósito da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) também virou-Trade Tratado dos Povos (TCP), o embaixador do Equador na ONU, Xavier Lasso, disse que seus membros defendida no Nações Unidas (ONU) As posições comuns com base em princípios como o respeito à soberania e à diversidade.

“É coordenar muito, então eu sinto uma enorme área com embaixadores da ALBA-TCP, que nos unifica esse projeto”, disse ele referindo-se nascido em 14 de dezembro, o bloco 2004, a partir de uma iniciativa dos líderes do revoluções cubana e venezuelana Fidel Castro e Hugo Chávez, respectivamente.

O mecanismo de integração consiste em Antigua e Barbuda, Bolívia, Cuba, Dominica, Equador, Nicarágua, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas e Venezuela.

De acordo com o Lasso, é uma Aliança América Latina e Caribe unida na diversidade. Outra característica importante da organização é seus critérios claros, demonstrando o feedback complexo que pode gerar críticas e ataques, disse ele

Anúncios

Deje su comentario - Deixe seu comentário - Leave your comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s